Um músico perdido nas ruas de Nova Iorque pergunta a uma pessoa que passava na rua:

Com licença, como faço para chegar até o Madison Square Garden?

A pessoa responde:

Praticando, praticando, praticando…

Talvez você já tenha ouvido essa história, independente se você quer chegar ao Madison Square Garden ou ao barzinho da sua cidade, você já sabe que para uma banda tocar direito é necessário ensaio. Não há outra saída. Se a banda toda quer fazer bonito é preciso ensaio, ensaio, ensaio, ensaio… todo músico que preza pela excelência sabe disso.

Além de eu ter uma banda, e tocar há muitos anos, eu tenho um estúdio de ensaio por onde passam centenas de bandas todo ano e em 5 anos que existe o Guimadrum Studio, consegui observar e perceber diversos pontos que podem ajudá-lo a melhorar o ensaio com a SUA banda.

1 – Separe um dia fixo para ensaiar.

Para evitar aquela troca interminável de mensagens, emails, ligações, cancelamento de ensaios em cima da hora, tente combinar com todos um dia e horário bom para todos. Esse horário deve ser sagrado e inclusive tente fechar um pacote mensal no estúdio que você ensaia, pois além de economizar uma graninha, você terá aquele horário reservado para sua banda. Quer coisa melhor que isso? Dica Extra: Se todos concordarem estipulem uma “multa” num valor de 10,00 pra quem chegar atrasado. E multa de 20,00 para quem furar o ensaio.

2 – Chegue 10 minutos mais cedo

Se por acaso não houver outra banda ensaiando antes e a sua banda puder chegar 10 min mais cedo para ir arrumando os instrumentos para o ensaio, vocês podem começar o ensaio pontualmente e economizar todo esse tempo de monta-desmonta para ensaiar. De qualquer forma se houver uma banda anterior, você pode ir batendo um papo enquanto isso, e também conhecer outros músicos de outras bandas.

3 – Otimize a comunicação com a banda.

Procure manter uma comunicação com sua banda de uma forma que todos recebam as mensagens. Faça um grupo no Facebook, ou no whatsapp, e também por e-mail. Isso facilita a comunicação de ensaios, repertórios, vídeos, músicas…Como diz o velho ditado: “Quem não se comunica se istrumbica.”

4 – Estipule músicas e faça a lição de casa

Se a sua banda é de “cover”, e está construindo um repertório, estipule 2 ou 3 músicas novas para tirar por ensaio. Envie as referencias para o e-mail ou no grupo da banda e pratique-as ANTES de ir ensaiar. Se todos fizerem essa lição de casa, o ensaio vai render muito mais! A cada ensaio procure passar todas as música do repertório. Se esse for muito extenso procure passar somente as que não estão 100% deixando as músicas que estão perfeitas de lado durante aquele ensaio específico.

Dica extra: Ao passar a referência por email atente para o tom da versão em que o vocal deve cantar. Se a música original estiver em um registro muito agudo para ele, talvez seja necessário transpor a música toda. Então faça esse teste antes, e avise a banda para que todos tirem a música na tonalidade certa.

5 – Organize seu equipamento!

Um dos grandes atrasos de vida é a desorganização! No caso das bandas não é diferente. Canso de ver músicos sem palhetas ou baquetas, sem alça para o instrumento, sem bateria ou fonte para os pedais de guitarra, sem afinador, sem cabos, sem capo-traste… Cristo! Organize seu equipamento, para que você não se atrase para o ensaio, e não perca tempo na hora de montar suas coisas para ensaiar. Na dúvida ligue para o estúdio para ver se há estantes para teclado, estante de partitura, ou qualquer outra coisa que vocêprecise.

6 – Grave o ensaio

A gravação do ensaio é útilpara que todos escutem como está soando o conjunto. Se o estúdio não tiver essa possibilidade, procure levar um gravador portátil que aguente alto SPL (pressão sonora) sem distorcer, para que você escute e espalhe para todos os integrantes mais tarde. Isso funciona muito bem se você estiver se preparando para gravar. Faça isso ao menos uma vez por mês. Evite gravar TODOS os ensaios pois nem todos ouvirão as gravações, e não ficar aquele monte de arquivos de audio bagunçado circulando por e-mail, procure organizar os arquivos em uma pasta no DROPBOX por exemplo com nome e data “Ensaio 11 Set 2013”

7 – Filme seus ensaios.

A parte visual é muito importante se você está preparando um show especial. Portanto uma câmera ou duas paradas para filmar a banda tocando é um ótimo recurso. Se possível procure separar música por música para que os arquivos sejam separados e não fique 1 arquivo somente com 20GB na sua câmera. Se você puder juntar essa filmagem com a gravação do audio, seria ótimo para depois sincronizar tudo em um editor de vídeo. Quem sabe isso não vira até um material pra colocar no site da banda ou até mesmo no Facebook?

8 – Divida tarefas entre os integrantes

A pior coisa é centralizar todo trabalho da banda em 1 pessoa. Isso é terrível, causa um stress do cacete e é um dos grandes motivos que bandas acabam. Procure dividir as tarefas no que cada integrante faz melhor. A banda deve rodar nessa parte como uma empresa, cada um trabalhando algumas horas para que a banda funcione.

Exemplo de tarefas comuns em uma banda:

Agenda – Responsável para fazer o meio-campo da banda e sincronizar a agenda de todos. Marcar ensaios, shows, gravação, reuniões, etc

Tesoureiro – Responsável pela grana da banda. Cobra a grana de todos para pagar o pacote de ensaios, anúncios e promoções do FB. Se a banda for mais séria, até abertura de conta conjunta em banco pode ser uma boa pedida.

Web Designer / Designer – Cuida da parte gráfica e do site da banda.

Facebook/Sites – Atualiza o Facebook diariamente com links para músicas, vídeos etc. (Tem que ter noção de não passar do ponto, e não escrever abobrinhas em nome da banda). Cuida também de outros sites como Reverbnation, Bandcamp, Soundcloud, Rdio, etc.

Audios – Cuida da gravação do ensaio, edição e mixagem.

Vídeos -Cuida da filmagem e edição dos vídeos.

9 – Afinem-se

Além da afinação dos instrumentos é claro, procure fazer uma reunião fora do horário de ensaio para bater papo e ver o que cada um espera da banda. E qual objetivo quer alcançar. Talvez para alguns aquilo seja somente um hobby, e para outros um objetivo de vida. E nada mais do que uma boa conversa para se afinar e sintonizar as idéias. Isso pode inclusive levar à trocas de membros, e é melhor que isso ocorra em uma boa conversa, sem brigas ou stress. Resolver as pendengas civilizadamente é sempre a melhor pedida. Lembre-se que não há banda perfeita no mundo, então respeite seus companheiros e suas limitações ou problemas. Quem sabe amanhã você precise dessa compreensão da parte deles.

10 – Divirta-se

Se você não está tendo um bom momento fazendo música, ou tocando com seus amigos. Hé algo de errado. Tente identificar o que é e tome as providências necessárias para mudar. Sugiro um papo aberto com os integrantes para que você exponha o que está acontecendo e o que você está sentindo. Quem sabe eles pensam da mesma forma e você nem sabe. A vida já é cheia de stress e fazer um som deveria ser algo prazeroso para todos.

Espero que essas dicas sejam úteis para você, e se por acaso você quiser aprender bateria comigo, eu tenho um curso de bateria 100% GRATUITO nesse link:

http://guimadrum.com.br/workshop

Aproveite pois estará no ar por tempo limitado!

Um Abraço!

Guima

deixe seu comentário